Go to Top

A Meta

A META – O PRINCÍPIO BÁSICO PARA A EVOLUÇÃO

POR QUE ALGUMAS PESSOAS CRESCEM NA VIDA E OUTRAS NÃO?

ESTÁ COMPROVADO, AS PESSOAS QUE CRESCEM NA VIDA SÃO AQUELAS QUE POSSUEM METAS MUITO CLARAS E BEM DEFINIDAS EM BUSCA DA REALIZAÇÃO DOS SEUS PROPÓSITOS.

90% DAS PESSOAS NO MUNDO NÃO POSSUEM METAS, NÃO POSSUEM UM ALVO, E MUITO MENOS UM PROPÓSITO ESTABELECIDO.

10% APENAS DAS PESSOAS POSSUEM METAS ESTABELECIDAS, COMEÇAM, FAZEM O PROCESSO COMPLETO, E CUMPREM SEUS OBEJETIVOS.

A CONQUISTA DE METAS É UM ESTADO DE MERECIMENTO, UM ESTADO DE RESULTADOS, UM ESTADO DE REALIZAÇÃO, DEVIDO O ALTO NÍVEL DE DISCIPLINA APLICADO DIARIAMENTE.

NÓS ESPERAMOS UM MILAGRE, MAS ESQUECEMOS QUE TEMOS O MAIOR DE TODOS OS MILAGRES, O MILAGRE DA VIDA, QUE É O PRINCIPAL COMBUSTÍVEL PARA LEVANTARMOS CEDO E DAR OS PASSOS RUMO AS NOVAS CONQUISTAS E REALIZAÇÕES.

TEMOS QUE TER A CONVICÇÃO QUE NÃO SABEMOS TUDO NA VIDA, E TER A HUMILDADE E SABEDORIA PARA APRENDER TODOS OS DIAS. A CADA PÔR DO SOL A VIDA NOS ENSINA UMA LIÇÃO DIFERENTE, NOS MOSTRA UM MUNDO MUITO MAIOR QUE PODEMOS CONTEMPLAR.

SABEDORIA É TER DENTRO DE SI A NECESSIDADE DO APRENDIZADO CONSTANTE, DE UM APRENDIZADO ETERNO, PORQUE A VIDA NUNCA DEIXA DE NOS ENSINAR.

A CONCENTRAÇÃO E O FOCO PELA BUSCA DOS RESULTADOS DEVEM SER PERMANENTES, POIS É DESTA MANEIRA QUE TODOS OS DIAS CONQUISTAMOS UMA NOVA VITÓRIA, E A SOMA DE VÁRIAS CONQUISTAS IRÃO CONDUZIR AO NOSSO SUCESSO.

FOCO, FORÇA, , AÇÃO E MUITA DISCIPLINA SÃO ELEMENTOS VITAIS PARA A JORNADA DE SUCESSO EM NOSSAS METAS.

PESSOAL E PROFISSIONALMENTE, CRIEM SUAS METAS, APLIQUEM A ESSÊNCIA DA DISCIPLINA DIÁRIA, E PRATIQUEM TODOS OS ELEMENTOS IMPORTANTES EM SUA VIDA, E O ATINGIMENTO DE UMA META SERÁ UMA CONSEQUÊNCIA DA SOMA DE TODOS ESTES FATORES.

A DETERMINAÇÃO E UM FORTE PROPÓSITO SERÃO OS ALICERCES QUE MANTERÃO AS BASES FIRMES PARA UMA VIDA DE VITÓRIAS E REALIZAÇÕES.

UM SER HUMANO SEM META NÃO CONSEGUE CRESCER NA VIDA, A META É O PASSO NECESSÁRIO PARA O CRESCIMENTO, A META É O PRINCÍPIO BÁSICO PARA A EVOLUÇÃO.

RODRIGO RIBEIRO